Arquitetura e Mercado

Por que as empresas estão trocando o concreto pela madeira engenheirada?

A utilização da madeira engenheirada, madeira processada industrialmente para otimizar o seu desempenho para a construção de edifícios, vem conquistando espaço no ramo da construção civil. Conhecido pelo seu baixo impacto ambiental, o material é ideal para a construção de empreendimentos maiores e mais altos.

“Institucionalmente, é muito forte você poder dizer para o mercado que se preocupou em ser mais sustentável na hora de escolher o local de trabalho”, afirma Nicolaos Theodorakis, diretor-executivo da Noah em entrevista para a Folha. 

A popularização é decorrente de sua praticidade, uma vez que o material é industrializado, de forma que as peças que serão utilizadas na construção já chegam prontas ao local da obra, diminuindo a quantidade de trabalhadores necessários, o desperdício e o tempo gasto. 

Contrariando o senso comum, a madeira engenheirada ainda é resistente a incêndios, uma vez que é projetada para aguentar o efeito do fogo por até duas horas, tempo suficiente para realizar uma evacuação.

Atualmente, a maior dificuldade é aumentar a confiança do mercado brasileiro no material: “Enquanto o norueguês nasce em uma casa de madeira, sabe o que é cheiro, o visual dela, nós crescemos com a história dos Três Porquinhos. Há um mito para ser quebrado”, explica Theodorakis. 

Deixe uma resposta